Bruxismo

O bruxismo é um distúrbio caracterizado pelo apertar e/ou ranger dos dentes, de forma involuntária, com aplicação de forças musculares excessivas sobre os dentes (e estruturas envolventes) e sobre a articulação temporomandibular, podendo desgastá-la e causar dores de cabeça, provocando um desgaste nos dentes que pode afetar a sua integridade e comprometer a saúde oral.

Podemos considerar duas formas distintas de bruxismo: diurno e noturno.
- O diurno caracteriza-se pelo apertar dos dentes enquanto o indivíduo se encontra acordado, estando relacionado com um tique, hábito ou uma reação ao stress.
- O bruxismo noturno é uma atividade inconsciente, com produção de sons, enquanto o indivíduo está a dormir. O bruxismo do sono é um problema que afeta crianças e adultos.

Outros fatores associados ao bruxismo são a idade jovem, nível elevado de educação, tabaco e consumo de cafeína ou álcool.

O consumo de medicação para o sono, depressão e ansiedade pode alterar os padrões de sono e aumentar o risco de ocorrência de bruxismo.


Os principais sintomas do bruxismo são dores de cabeça, desconforto na articulação temporomandibular, dores nos músculos da face e nos pavilhões auriculares, rigidez dos ombros, limitação dos movimentos de abertura da boca e perturbações do sono.
Ocorre ainda desgaste do esmalte dos dentes ou mesmo fratura de peças dentárias, inflamação das gengivas, excessiva mobilidade dos dentes e sua perda prematura.
As dores de cabeça são o sintoma mais comum, ocorrendo três vezes mais nas pessoas com bruxismo do que nas restantes.

Nas crianças é comum no bruxismo, ocorrer alterações de comportamento e de atenção.

Um estudo do sono poderá ajudar a confirmar o diagnóstico de bruxismo.

As consequências do bruxismo noturno podem ser controladas mediante o uso de uma goteira de relaxamento colocada na boca que protege os dentes e reduz a atividade muscular.

Por vezes são propostas outras terapêuticas com medicamentos e Fisioterapia.

A prevenção da maioria dos episódios de bruxismo passa por diminuir os níveis de ansiedade, o que pode ser conseguido tentando relaxar antes de dormir.

O bruxismo na infância é geralmente superado na adolescência. A maioria das crianças pára de ranger e/ou apertar os dentes quando os dentes de leite são substituídos pela dentição definitiva. No entanto, algumas crianças continuam a ranger os dentes na adolescência, e se a causa for o stress, o ranger irá continuar até que a tensão seja aliviada.
 

Copyright © 2012 www.maiasorriso.com | Créditos MaiaSorriso